top of page

Amor Tóxico

Não consigo ficar um dia longe de você. Eu tento me distanciar mas a falta que você me faz esmaga meu peito, pensei que com você longe a irritação seria maior quando o que mais incomoda é a tristeza, apenas uma tristeza profunda e excruciante.

Nós sabemos o quanto você me faz mal, porém sem você parece que tudo piora, tudo fica pior. você sempre esteve lá, nos momentos ruins e bons, mal consigo lembrar da minha vida sem a sua presença, quanto eu estava péssimo você me ajudou a me acalmar e nos momentos bons curtiu junto comigo, sempre ali ao meu lado, coisa que nem as pessoas mais próximas tinham capacidade de fazer.

Não passo uma hora do meu dia sem querer ter você entre os meus lábios, passeando por meus dedos e deixando seu sabor me invadir o corpo todo, e eu adoro, como eu adoro sentir seu gosto em outra boca, sempre que está presente meu coração acelerar quase a ponto de explodir. Seu aroma é inebriante, e sua presença é confortável nos momentos de solidão.

Não adianta vamos morrer juntos, você vai me matar, não me importo mas vamos juntos. Com cada tragada, sinto-me mais próximo de você, e é um prazer que só você pode proporcionar. Você é um vício, um amor proibido, mas minha afeição por você é inegável.


Foda-se vou comprar cigarros!



Este texto é de responsabilidade do autor/da autora.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Solidão do Eco

No outro extremo da mesma rua silenciosa vivia um velhinho chamado Sr. Artur. Ele era um homem simpático, com um sorriso acolhedor e olhos brilhantes, mas também carregava consigo um passado marcado p

O Eco da Solidão

Havia uma rua silenciosa na pequena cidade que, mesmo banhada pela luz do sol, parecia estar mergulhada em uma eterna penumbra. Era ali que Dona Elisa vivia, envelhecendo junto com a casa de paredes d

Comments


bottom of page