top of page

Diário De De.Composição #5,999...


Querido diário, esses últimos dias foram tão tristes e cômicos ao mesmo tempo. Eu acordei sem ler meu horóscopo e isso me deixou completamente confuso. Não sei o que fazer, ando sem rumo, sem direção. A única coisa que me dá um pouco de esperança é assistir à minha nova série favorita, "The Last Of Us", esperando o episódio novo em cada domingo, mas mesmo assim, sinto que tudo está fadado ao fracasso. Eu tento manter uma ordem cronológica na minha vida, mas parece que tudo está se desmoronando ao meu redor. E para piorar, eu acabei de mentir para você, querido diário, dizendo que essa é uma obra de ficção real. Na verdade, é tudo mentira. Mas, é só por hoje, amanhã sempre pode ser outro dia, não é? Ou talvez não.


Um dia a caminho de casa eu penso nas pessoas que te olham dos pés à cabeça dentro do ônibus e não se sentam ao meu lado, é como se eu fosse um leproso, sei que sou apenas muito grande e um pouco estranho aos olhos alheios, mas eu não ligo, eu prefiro ficar sozinho mesmo, não gosto de ter que fazer papel de sociável, é cansativo, mas mesmo assim ainda acho que sou o antissocial mais sociável que existe. Quando chego em casa, eu me jogo na cama e pego meu livro favorito, “Nos cumes do desespero”, eu adoro esse livro, ele me faz sentir menos sozinho, como se eu tivesse alguém para conversar, Cioran era um cara magnifico, mesmo ele desprezando isso veementemente. Eu me pergunto se eu realmente sou um sociopata, se é isso que me faz sentir tão diferente das outras pessoas, mas eu não me importo muito com isso.


Por alguns dias eu tentei fazer alguma coisa produtiva, mas tudo deu errado. Bom quase tudo, ajudei algumas pessoas, incomodei outras, se você não transa não destranse os transantes, essa é a regra, estou conhecendo algumas pessoas novas e isso está sendo bem legal, algumas que eu não tinha contato a anos estão ‘reaparecendo’, fui babá por uma noite, calma caro telespectador está difícil resumir quase um mês em algumas linhas, mas vamos conseguir, ah eu estou organizando um evento na cidade e parece que vai mesmo rolar, nas sequencias talvez eu fale mais sobre. Conheci algumas bandas novas muito boas nesses aplicativos de música, talvez essa seja a única função boa desses app’s. Falando em aplicativos eu voltei a usar alguns de relacionamento, eu acho hilário, é cada coisa que você vê, não me julguem por favor, vão lá e vejam vocês mesmos.


Eu decido ir dormir cedo hoje, preciso descansar para amanhã poder enfrentar outro dia de confusão e incertezas. Eu desligo as luzes e me deito na cama, pensando em como a vida é estranha e imprevisível. A natureza é uma coisa estranha. Ela pode ser tão bela quanto cruel. Eu fecho os meus olhos, mas o sono não vem. Eu só consigo pensar nas decepções e dificuldades que o futuro pode trazer. Eu tento ser otimista, mas é difícil quando tudo parece estar contra mim. Eu só posso esperar que amanhã não seja pior do que hoje.


Emil Cioran foi um filósofo e escritor romeno, conhecido por suas reflexões sobre a existência humana, a história e a condição humana. Ele escreveu em francês e seus livros incluem "A Tentativa de Existir" e "O Caminho para o Nada". Suas obras são marcadas por um tom cético e desesperançado, e ele é considerado um dos filósofos mais influentes da Europa no século XX. Cioran morreu em 1995, em Paris, França.


The Last of Us é um jogo eletrônico de aventura e sobrevivência desenvolvido pela Naughty Dog e publicado pela Sony Computer Entertainment. Foi lançado para PlayStation 3 em 2013, e para PlayStation 4 em 2014. A história segue o personagem principal Joel, que tem de transportar a jovem Ellie através de um mundo devastado por um fungo mortal, enquanto enfrentam bandidos e outros sobreviventes. A série também conta com o jogo "The Last of Us Part II" que foi lançado em 2020, continua a história de Ellie e Joel. A série é conhecida por sua jogabilidade emocionante, história envolvente e personagens complexos. A série de tv foi lançada agora em 2023 pela HBO e está magnifica.


Eu precisei da ajuda de uma mestre mística em matemática para escrever o número dessa edição.


Este texto é de responsabilidade do autor/da autora.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Amor Tóxico

Não consigo ficar um dia longe de você. Eu tento me distanciar mas a falta que você me faz esmaga meu peito, pensei que com você longe a irritação seria maior quando o que mais incomoda é a tristeza,

A Solidão do Eco

No outro extremo da mesma rua silenciosa vivia um velhinho chamado Sr. Artur. Ele era um homem simpático, com um sorriso acolhedor e olhos brilhantes, mas também carregava consigo um passado marcado p

O Eco da Solidão

Havia uma rua silenciosa na pequena cidade que, mesmo banhada pela luz do sol, parecia estar mergulhada em uma eterna penumbra. Era ali que Dona Elisa vivia, envelhecendo junto com a casa de paredes d

Comments


bottom of page