Dia Nacional do Cigano!

Hoje 24 de maio é um dia muito especial, pois é comemorado o Dia Nacional do Cigano. A data foi instituída em 25 de maio de 2006 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como uma forma de reconhecimento à contribuição da etnia Romani na formação da história e identidade cultural do nosso país.

A data coincide com o dia de Santa Sara Kali, santa essa que é cultuada por grande parte dos ciganos, não só no Brasil, mas também no mundo. Em Saint Marie de La Mer, na região de Camargue, na França, todo dia 24 de maio, ciganos de várias partes da Europa se reúnem para a procissão de Santa Sara, numa celebração com muita fé, e claro, muita música!


Existem algumas histórias acerca de Santa Sara Kali, e uma delas conta que Sara estava fugindo pelo mar da perseguição romana aos cristãos, acompanhada de Maria Jacobina, irmã de Maria de Nazaré, Maria Salomé, mãe de Tiago e João, e Maria, mãe de Jesus. Sara. Diante das dificuldades em alto mar, teria rezado a Cristo e prometendo que se todos conseguissem se salvar, usaria para sempre um lenço para cobrir sua cabeça. Segundo a lenda, todos teriam chegado à salvo na região de Saint Marie. Algumas versões afirmam que Santa Sara teria origem cigana, outras que, devido a sua pele escura, teria sido renegada pela comunidade local, sendo acolhida pelos ciganos. Independente da versão ou da história, fato é que Santa Sara é quase sempre associada ao povo cigano e muitos deles são devotos à ela.

Mesmo com a intenção de dar visibilidade ao povo cigano e combater o preconceito e a discriminação que cercam a etnia, ainda existe pouco para se comemorar nesse dia. Impossível não mencionar a fala do Ministro da Educação, Abraham Weintraub em reunião divulgada essa semana, na qual o mesmo afirma que odeia o termo povos indígenas e povos ciganos e que só teria um único povo nesse país. Uma fala carregada de preconceito, incompatível com a postura esperada de um ministro e que acaba legitimando a discriminação que esse povo enfrenta desde sua chegada ao Brasil, em meados do século XVI.

Nós, da Casa Eliseu Voronkoff gostaríamos de deixar claro nosso repúdio a essa fala infeliz do ministro. Temos enorme respeito e admiração pelo povo Romani. Sabemos que sua história é de muita perseguição, mas também de muita resistência. Desejamos que, num próximo dia 24 de maio, o Povo Cigano tenha mais motivos para comemorar. Que encontrem mais respeito e menos preconceito.

Deixamos aqui o link do documentário Calon Conta, Calon Canta, disponibilizado na página do Insituto Cigano do Brasil (https://www.facebook.com/institutociganodobrasil/ ), lançado hoje em celebração ao Dia Nacional do Cigano.


18 visualizações

(41) 3031-5355

Rua Julieta Vidal Ozório, 413 - Centro, Araucária - PR, 83702-060, Brazil 
CNPJ 29.801.135/0001-38
F D D Pesquisa e Produção Artística Ltda

©2019 by Casa Eliseu Voronkoff.