• kacque

Mais seis: microcontos.

Abriu sua caixinha de memórias.

Só tinha pó e teias de aranha.

Fechou. Trancou novamente o passado.


***


Não sabia dizer não, aceitava tudo o que lhe diziam, fazia tudo que pediam.

Faltou-lhe ar, sobraram-lhe palavras. Morreu sufocada.


***


Tenho medo da guerra, falou a mãe: mulher preta, pobre e de periferia.

Esqueceu das batalhas que enfrenta no seu dia-a-dia.


***


Estava tão acostumada com a solidão que aos poucos quebrou todos os espelhos da casa. Não queria companhia.


***


Varria, lavava, esfregava, passava pano, lustrava, mas não vivia.

Com sua mania de limpeza, acabou virando pó.


***


Narcisista.

Tinha medo que lhe achassem feia. .

Usava tanto filtro nas fotos que ao olhar no espelho, não se reconheceu.




Este texto é de responsabilidade do autor/da autora.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Plenitude