Filmes para indicar - Parte 2

Continuação da pequena lista de indicações, os filmes que a minha amiga precisa ver antes de morrer (e vocês também):



- Melancolia


Tem a minha sequência inicial preferida da história, um dos grandes filmes da minha vida. É de uma tristeza e beleza absurdas. Faz parte da trilogia da depressão, do Lars Von Trier, que tem o Anticristo e o Ninfomaníaca também, e é realmente bem depressiva, mas muito bonita. A beleza da tristeza. É um filme meio lento, demora pra começar, e tem muitos detalhes.



- Antes do Amanhecer


Primeiro filme da trilogia mais linda do mundo. Filme contemplativo, um dos meus favoritos, é o meu ideal de como o amor deveria ser.

É basicamente a história de duas pessoas que acabaram de se conhecer em um trem, andando por uma cidade que não conhecem, em uma madrugada qualquer. Os diálogos são maravilhosos, mostra o tipo de conversa natural entre duas pessoas que estão se conhecendo, e uma boa parte dos diálogos foi escrita ou improvisada pelos atores.


Jesse e Celine acabaram de se conhecer em um trem.

Se gostar, assista imediatamente o segundo: Antes do Pôr-do-Sol. O terceiro, Antes da Meia-Noite, é um pouco mais fraco, mas vale muito a pena também. E como entre esses três, a história acontece a cada nove anos, em 2022 vai fazer 9 anos do terceiro, e está todo mundo ansioso para saber se vai ter mais um.

Uma curiosidade é que o filme é baseado em uma história que o diretor viveu, e ele manteve contato por um tempo com a pessoa que conheceu, e depois de uns anos ela sumiu. Muitos anos depois, quando o segundo filme já tinha saído, um amigo da garota entrou em contato com ele para contar que ela tinha morrido num acidente de carro.



- Os Suspeitos


Uma das melhores tramas do cinema, o final é totalmente fantástico e imprevisível. Uma história de crime e mistério, que começa confusa e vai se delineando aos poucos. O elenco é ótimo.



- Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças


Um filme surrealista sobre a inevitabilidade do amor, não tem como ser melhor, é muito sensível, lindo e poético. A história de um futuro no qual é possível apagar completamente da memória alguém com quem você teve um relacionamento. É sobre esquecer, mas é mais ainda sobre lembrar. É lindo.

Só não é muito indicado ver com o/a crush.

O trecho da poesia que dá título ao filme é do Alexander Pope e é bem importante e bonita: “How happy is the blameless vestal's lot! / The world forgetting, by the world forgot / Eternal sunshine of the spotless mind! / Each pray'r accepted, and each wish resign'd.”



- Cães de Aluguel


Primeiro grande filme do Tarantino, talvez o diretor mais cultuado da atualidade, e para mim o melhor dele. Ele ainda não era famoso, e vendeu o roteiro de Assassinos por Natureza, que é ótimo também, para poder financiar esse filme que guardou pra si e não queria que outra pessoa dirigisse. Tem uma das melhores cenas de tiroteio da história.

Quando eu estava na faculdade, participei de um trabalho de outra turma no qual eles recriaram uma cena famosa desse filme.



- O Fabuloso Destino de Amélie Poulain


A adorável Amélie Poulain.

Um baita de um clichê quando se trata de filmes que todo mundo deveria assistir, é adorado por todo mundo que foi adolescente nos últimos 20 anos. Mas quem disse que clichês são ruins?

O filme é lindíssimo e singelo, e a Amélie é apaixonante. É preciso reparar bem nos cenários e nas cores, figurinos, fotografia, é tudo milimetricamente planejado e combina perfeitamente.

A frase “são tempos difíceis para os sonhadores” é desse filme.



- Thelma & Louise


O melhor road movie já feito, duas minas foda sendo foda fugindo da polícia num carro foda por aí. É um filme bem impactante.



- O Iluminado


O melhor filme do Stanley Kubrick, que é um dos melhores diretores da história. Sensacional, e talvez precise ver mais de uma vez. Tem muitos detalhezinhos que passam despercebidos.

É um terror psicológico, não tem muitos sustos, mas deixa alucinado.

“All work and no play makes Jack a dull boy”.



- A Vida é Bela


Roberto Benigni escreveu, dirigiu e fez o papel principal.

Filme italiano sobre a segunda guerra mundial, possivelmente o melhor filme sobre o holocausto já feito. Mostra um pouco do quanto eram terríveis os campos de concentração. É sobre um pai que, para esconder esses absurdos do filho, recria tudo como se fosse uma brincadeira, um jogo. Cheio de cenas muito engraçadas e extremamente tristes ao mesmo tempo, por isso se prepare para chorar cada lágrima do corpo.



- O Predestinado


Filme completamente maluco sobre viagem no tempo, lida de maneira brilhante com o paradoxo nexo-causal. É cheio de detalhes que passam despercebidos, mas ficam claros no final. Um plot-twist atrás do outro.

Para mim o melhor filme sobre viagem no tempo já feito, e não sei se vai ser superado. Merece ser assistido duas vezes.



- Cinema Paradiso


Um filme de cinema sobre cinema no cinema homenageando o cinema. Conta a história de um diretor famoso voltando para a vila onde cresceu, para um enterro. A história é contada toda em flashback, passando por várias épocas do cinema em um daqueles cinemas de rua que não existem mais. Muito bonito.

É o último porque dá para ver só esse e ignorar todo o restante da lista.

Mentira, vejam todos.



E você, quais são as suas indicações?

26 visualizações

(41) 3031-5355

Rua Julieta Vidal Ozório, 413 - Centro, Araucária - PR, 83702-060, Brazil 
CNPJ 29.801.135/0001-38
F D D Pesquisa e Produção Artística Ltda

©2019 by Casa Eliseu Voronkoff.